sexta-feira, outubro 06, 2006

Watergate?

Pois é, estive lendo na edição 1975 da VEJA (importante ressaltar que recomendo) a respeito do caso do dossiê, envolvendo, novamente, assessores diretos do presidente Lula, que mais uma vez, de nada sabia.
Gosto de política, embora não tenha paciência nem memória para debatê-la.
Acho que o povo tem votado com base em benefícios próprio e não no desenvolvimento do Brasil como um todo ( o mais importante é o asflto na frente de casa e não o crescimento econômico).

O populismo ainda vinga, e "pão e circo", embora antiquíssimo, nunca esteve tão atual.

Enquanto estava entrando na sala de votação, neste último pleito, encontrei um amigo de longa data, e paramos para uma conversa e como óbvio, conversamos sobre eleição, até porque o ambiente ali, era propício; pergunto em quem ele votou, a resposta dele: "Lula e Olivio, certo". Retruquei perguntando o porque daquela certeza, e ele, como autônomo, me responde: "nunca trabalhei tanto como este ano."
Confesso que fui votar atônito, e demorei uns 45min para me recompor daquela conversa, que se encerrou no momento de sua resposta. Fiquei matutando comigo mesmo: "nunca trabalhei tanto como este ano." Veja que ele fala neste ano, atual, não no mandato inteiro e nem assim por causa do presidente ou do governador. Talvez por "n" motivos ele tenha deslanchado neste ano, mas, talvez, quase com certeza, tenha se beneficiado de sua propria maturidade e capacidade, e atribui isso à política macroeconomica do PT (que inexiste).

Prova real do pensamento individual.

Paulo Maluf (o rouba, mas faz) foi reeleito em SP como deputado federal mais votado, seguido de Clodovil, sim Clodovil, isso prova (depois do Paulo Borges) que a politica nacional virou um reality show, onde quem mais aparece ganha....

Mas voltando ao título deste post, depois de ler a citada revista me pergunto: se depois de tudo isso, o Lula quase ganha no primeiro turno e salvo alguma surpresa, devera ser reeleito, o que será do povo brasileiro? onde esta nossa capacidade de julgamento?

Bem, talvez eu esteja parcial, mas tenho um certo desgosto pelo PT, pelo seu jeito hipócrita e por fazer promessas impossíveis de serem cumpridas ( agora, acabo de ler que o Lula disse que o país deverá crescer 6%/ano a partir do ano que vem, rárárá). Por sua militância chata e cega, por me encherem a paciência com discursos vagos e sem nexo.

Mas enfim, não quero convencer ninguém a nada. Apenas colocar pra fora o que penso pra não ter que discutir política em mesa de bar, onde a única possível consequencia é uma briga. Assim como futebol. ou já viram alguem mudar de time?

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home